CLIC NA IMAGEM PARA LER

CLIC NA IMAGEM PARA LER
Click para ler.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

NO BALANÇO DAS ONDAS

CHILE - RAMON NAVARRO.
No balanço das ondas de 2010, temos logo que abordar o décimo título de Kelly Slater, um feito inimaginável a alguns anos atrás, entretanto, a antiga fábula do SUPER-HOMEM tornou-se realidade e não por acaso ele é americano. O modelo de vida americano esta longe de ser o melhor, porém, a determinação, coragem, criatividade e capacidade de focar um objetivo que têm o povo americano, são incontestáveis. Poderíamos dizer que Kelly Slater é o cara que mais gosta de surf e de competição no mundo, pois de outra forma, como seria possível passar anos e anos focado no surf; mesmo já estando famoso e rico?
Um balanço mais forte das ondas de 2010 nos leva diretamente ao BIG SURF, onde, os limites continuam a ser estendidos. Em 2010 o surf de remada em ondas gigantes ganhou um novo impulso e avançou a novos patamares. As grandes ondulações que atingiram o hemisfério Norte no final de 2009, início de 2010, contribuíram para este avanço, nomes como Shane Dorian, Mark Healey, Felipe Cesarano, Yan Guimarães (o mais novo de todos CLICK), dentre outros, desceram ondas impressionantes em Waimea. No Eddie Aikau o show continuou impressionando a todos e culminando com a vitória de Greg Long (CLICK). O acontecimento mais impressionante (ao menos em minha opinião) relacionado ao BIG SURF NA REMADA, aconteceu em Maverick’s, durante a penúltima etapa do BWWT (CLICK), acho que ali o limite do surf na remada realmente foi estendido, e não por acaso por um brasileiro, Carlos Burle pegou a maior onda já surfada na remada, ao menos até aquele momento, e sem sombra de dúvida merecia ter vencido a bateria final e consequentemente o evento, entretanto, como “o que é do homem o bicho não comeBurle foi o campeão mundial do BWWT na temporada 2009/2010, mais uma do pernambucano pioneiro do BIG SURF.
Balançando agora com o auxílio das máquinas, novas lajes foram descobertas, como na Irlanda e Chile e outras continuaram a serem surfadas em mares maiores e ainda de maneira mais radical. Ramon Navarro e amigos impressionaram nesta laje da foto acima, entretanto, falando de laje radical não podemos deixar de mencionar Shipstern Bluff e seu degrau assassino, onde nomes como Mike Brennan, James Hollmer Cross e outros, estão promovendo um atack totalmente inusitado. Não deixem de assistir a este vídeo (CLICK) que “colhe” um pouco da insanidade mundo afora.
O balanço do mar aqui em Saquarema este ano não foi dos melhores, as ondulações vieram sempre acompanhadas de muito vento e com pouco tamanho, tivemos alguns dias muito bons, porém, foram poucos. Mais a galera local fez bonito, a começar com Yan Guimarães em Waimea; seguindo com Marcos Monteiro que até o momento, mesmo sem apóio ou patrocínio (apoio só nas imagens do SURF TODO DIA), movido apenas por uma enorme vontade, participou a de todas as etapas do BWWT até o momento, inclusive chegando as finais no evento em PICO ALTO (CLICK); e culminando com a vitória histórica do Raoni Monteiro no Hawaii, vitória esta que deve continuar sendo lembrada pelos próximos 20 a 30 anos. Sem mais, espero conseguir em 2011 melhorar as imagens e continuar captando bons momentos. Um BIG ANO NOVO A TODOS E TODAS.

2 comentários:

marcosm disse...

Falou e disse Mario, concordo geral contigo, além de captar boas imagens, tem feito ótimos textos. feliz 2011 com equipamento novo, rsrsrs.

Anônimo disse...

VALEU A FORÇA. BOM 2011. ABÇ.